Pop  | 23.03.2017 | Juliana Berwig

Double trouble
e-mail

comentarios

0
.

Com uma embalagem irresistível, além de riffs barulhentos e performances
hipnóticas, o duo The Kills resume com perfeição a atitude rocker dos anos 2010 


Que a primeira imagem não se deixe enganar: o The Kills vai muito além da embalagem fashionista que a mídia insiste em vender para as revistas de música. Sim, o guitarrista foi casado com a top Kate Moss e a vocalista é figurinha carimbada na lista de mulheres mais interessantes do mundo, mas isso é apenas um detalhe – não sem importância para quem consome o punk-indie-garage da banda, uma das melhores a tocar nas rádios nos dias de hoje. Com um inerente apelo “cool”, Jamie Hince e Alison Mosshart encarnam como poucos o ideal de rock star moderno: estão sempre impecavelmente vestidos, andam com gente bacana e lotam casas de show mundo afora. Na essência da dupla – metade inglesa, metade americana – estão guitarras rasgadas e vocais poderosos, tudo acompanhado apenas por uma potente bateria eletrônica. No palco, a combinação entre estes elementos não soa nada sutil e resulta em uma explosão punk envolta em uma inexplicável sensualidade. De maneira hipnótica, o duo ainda conduz a plateia em uma espécie de transe coletivo – entre riffs destorcidos e litros de suor. Para entender o que isso quer dizer, basta procurar por uma das apresentações ao vivo da banda no You Tube – de preferência com fones de ouvido no último volume.

Depois de quatro anos longe dos estúdios, o The Kills voltou ao centro das atenções com um novo álbum: o aguardado “Ash & Ice”, uma coleção de hits com fundo soturno que vem recolhendo boas críticas por onde passa. O clima sombrio fica evidente na primeira música liberada para os fãs – em “Doing To Death”, a dupla fala sobre morte com direito a um vídeo gravado em um cemitério. Como se trata do The Kills, é claro que o clima mórbido ganhou uma aura sofisticada, com direito a figurino grifado, óculos escuros e cara de tédio em meio a um funeral ensaiado. O disco foi gravado em Los Angeles e também no famoso Electric Lady Studios, em Nova York. A produção ficou a cargo do próprio Jamie em parceria com John O’Mahoney, que já trabalhou com bandas alternativas como Cribs e Metric. A pausa nos trabalhos da dupla se deveu a uma serie de fatores, entre eles o fato de Alison estar envolvida em outro projeto igualmente interessante: o The Dead Weather, grupo formado ainda por Jack White, Dean Fertita e LJ Lawrence. Com três discos lançados e uma extensa turnê mundial, a banda consumiu boa parte dos esforços da vocalista, que ainda arrumou tempo para dar vazão ao seu lado “artsy” em uma exposição inédita de desenhos feitos na estrada.  

Apesar de não fazer muito esforço, o The Kills tem relações diretas com a moda – e elas vão muito além do figurino. Depois do casamento com Kate – que aliás acabou em divórcio no ano passado – Jamie se tonou um alvo fácil dos fashionistas de plantão, que já identificam itens como o lenço que faz as vezes de gravata e as calças de modelagem justíssima como parte de sua personalidade. O mesmo acontece com Alison, figura queridinha dos designers por conta de colaborações com grifes como Equipment, Surface To Air e Alexander Wang. No armário minimalista da americana, uma peça em especial chama a atenção de quem aprecia o seu estilo “non chalant”: as botas surradas com assinatura da Dior Homme, sempre de cano curto e com algum detalhe marcante. Entre as suas escolhas, ainda se destaca a preferência por cabelos sempre bagunçados e que já viram todas as cores – do rosa desbotado ao loiro intenso. De qualquer forma, uma coisa é certa: a dupla parece influenciar muita gente – e que o diga Hedi Slimane que na fase rock n’ roll da Saint Laurent parecia bem ligado ao estilo de VV e Hotel, codinomes pelos quais o duo é chamado pelos fãs. Quer mais provas de que é impossível resistir ao charme anárquico do The Kills?

Top 5 The Kills
1) Future Stars Slow
2) Black Balloon
3) Doing To Death
4) No Wow
5) URA Fever

Termo de uso

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DO USO E DE PUBLICAÇÃO DE TEXTOS E IMAGENS
Os termos e condições abaixo se referem à utilização dos textos e imagens disponibilizados pelo visitante/usuário ao site da ABOUT SHOES. O visitante/usuário  declara-se apto a participar de interatividades, com o objetivo de contribuir com o envio de material, como fotos, conteúdo, informações, textos, frases, entre outros, e que por iniciativa própria aceita e se responsabiliza pela autoria e originalidade do material enviado ao site de ABOUT SHOES. O visitante também se responsabiliza pela obtenção de autorização de terceiros que eventualmente seja necessária para os fins desejados, respondendo dessa forma por qualquer reivindicação que venha a ser apresentada à ABOUT SHOES, judicial ou extrajudicialmente, em relação aos direitos intelectuais e/ou direitos de imagem, ou ainda por danos morais e/ou materiais, causados a ABOUT SHOES, About Editora ou a terceiros por força da presente autorização. Assim, por ocasião do acesso ao site e do envio de informações e imagens, o visitante/ usuário autoriza e está ciente que o site de ABOUT SHOES, bem como a Revista ABOUT SHOES, poderão utilizar, em caráter irrevogável, irretratável, definitivo, gratuito, seu nome, sua imagem, bem como dos textos enviados, no site e na revista impressa, em fotos, cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas, em qualquer tipo de mídia, peças promocionais e campanhas on-line, para a divulgação do site e do Portal, no Brasil e no exterior, bem como para outros fins que desejar, sem limitação de vezes ou número de vezes, bem como o de autorizar sua utilização por terceiros, no todo ou em parte. Entre os direitos da ABOUT SHOES incluem-se, também, os de adaptação, condensação, resumo, redução, compilação e ampliação dos textos e imagens objeto deste termo. Todas as informações de usuários coletadas pela equipe de ABOUT SHOES são confidenciais, sendo intransferíveis, e somente poderão ser fornecidas a terceiros mediante orientação legal ou a terceiros, devidamente autorizados pela Revista ABOUT SHOES e About Editora. Os termos da autorização do uso e de publicação de textos e imagens entre as partes serão regidos e interpretados de acordo com as Leis da República Federativa do Brasil. O visitante/ usuário concorda expressamente em submeter-se à competência única e exclusiva dos tribunais brasileiros e, em especial, ao Foro da Comarca de Novo Hamburgo, Estado do Rio Grande do Sul, para dirimir quaisquer questões oriundas deste instrumento.

Comente esta matéria

0 comentários

Concordo com o termo de uso.
Veja mais colunas deste autor:

Art | 27.03.2016 | Juliana Berwig

A força criativa de Fernanda Guedes

Icon | 17.03.2016 | Juliana Berwig

Brilho eterno e incontestável

Pop | 15.02.2016 | Juliana Berwig

It`s all about Kanye

Pop | 11.12.2015 | Juliana Berwig

Father John Misty, do fundo do coração

Architecture | 12.02.2015 | Juliana Berwig

Mi casa, su casa, lojas que parecem lares
Assine Lateral 3 - http://www.aboutshoes.com.br/assine
Receba as últimas novidades sobre moda e design.
Copyright © Nove Editora Ltda. Todos os direitos reservados. WT Prime - Conectada à Mudanças