Movies  | 04.07.2016 | Krika Martinez

Shakespeare, Shakespeare... Por que estás em tudo o que vejo?
e-mail

comentarios

0
.

Este ano fazem 400 anos da morte de William Shakespeare. Uma data importante para o mundo da literatura, que perdeu um de seus melhores escritores, mas um momento especial para lembrar as pessoas de como a vida e a obra do escritor inspiram gerações e gerações de artistas.
Em todos os cantos é notável a influência de suas criações, mas como falamos de cinema, vai aqui uma lista dos filmes e das coisas mais estranhas que você não sabia que tinham relação com as peças do inglês – até porque mais de 420 produções são atribuídas a ele, fazendo com que o IMDB (a base de dados mais usada na internet para consultas televisivas ou cinematográficas) tenha um perfil onde aparecem mais de 2,5  mil obras relacionadas aos seus textos.Shakespeare é chamado de o “roteirista perfeito” pois escrevia para o teatro pensando em apenas um espaço – um ponto alto para todos os chefes de produção, que podem assim evitar múltiplos cenários. E é em parte por causa dessa limitação que suas histórias se destacam. Acrescente ainda os diálogos criados pelo autor, que de tão marcantes até hoje são usados na língua inglesa. Em textos universais, o inglês buscou base em tragédias gregas e na própria história da Inglaterra para criar sua obra - ou seja: peças com muito amor, dor e traição. Por outro lado, ele também buscou na comédia de situação a facilidade de dialogar diretamente com o público e apaziguar o cotidiano humano com uma boa dose de humor sarcástico.

Agora coloque tudo isso na mente de uma pessoa que apaixonada pelas histórias contadas por Shakespeare e misture sua obsessão com a cultura dos anos 90 e o continente africano. O resultado? O filme do verão de 1994 que devolveu à Disney a liderança das bilheterias em todo o mundo: o “Rei Leão”. A produção também pode ser conhecida como a versão mais rentável e pop de Hamlet, que foi escrito e produzido para o teatro entre os anos de 1599 e 1602. Ok, quando você olha o filme pode até não  pensar: “isso é igual a Hamlet”, mas os elementos básicos estão ali – um tio que mata o pai do protagonista, os amigos que o ajudam a superar a dor e acima de tudo a imponente responsabilidade de um jovem em se tornar rei.

Adaptações perfeitas

Mas também temos os filmes que seguem a risca, de cabo a rabo, a obra de William Shakespeare. E aí, senhoras e senhores, ganhamos o melhor em termos de dramaturgia com diretores inspiradíssimos que nos deram grandes e belas historias visuais, entre filmes atuais e outros produzidos a mais de 50 anos atrás. Sir Laurence Olivier, por exemplo, levou as telas “Henrique V” em 1944. A produção acabou se transformando em um filme que começa no teatro e, devagarinho, vai sendo levada para o mundo medieval, onde se passa a historia. Olivier era tão apaixonado pela obra do inglês que não apenas dirigiu, mas produziu, roteirizou e foi o protagonista do longa-metragem ao lado de Renée Asherson, que, para mim, é uma das melhores atrizes que já existiram.

Como se sabe, o nome Orson Welles é sinônimo de evolução da técnica e da arte cinematográfica. E quando o gênio decidiu trazer “Otello” para as telonas não foi diferente. No primeiro dia de gravação, o produtor italiano que convenceu toda a produção do filme ir a Roma para as gravações anunciou que estava em bancarrota. A partir desse momento, Welles passou a usar dinheiro próprio para a execução da produção. E três anos depois, quatro países usados como locações, inúmeros rolos de filmes veio o resultado: uma obra tão grandiosa que o filme em si acaba deixando o espectador dentro da paranoia do personagem principal. A recepção doa obra foi tão boa que o longa-metragem acabou levando a Palma de Ouro em Cannes em 1952.

Termo de uso

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DO USO E DE PUBLICAÇÃO DE TEXTOS E IMAGENS
Os termos e condições abaixo se referem à utilização dos textos e imagens disponibilizados pelo visitante/usuário ao site da ABOUT SHOES. O visitante/usuário  declara-se apto a participar de interatividades, com o objetivo de contribuir com o envio de material, como fotos, conteúdo, informações, textos, frases, entre outros, e que por iniciativa própria aceita e se responsabiliza pela autoria e originalidade do material enviado ao site de ABOUT SHOES. O visitante também se responsabiliza pela obtenção de autorização de terceiros que eventualmente seja necessária para os fins desejados, respondendo dessa forma por qualquer reivindicação que venha a ser apresentada à ABOUT SHOES, judicial ou extrajudicialmente, em relação aos direitos intelectuais e/ou direitos de imagem, ou ainda por danos morais e/ou materiais, causados a ABOUT SHOES, About Editora ou a terceiros por força da presente autorização. Assim, por ocasião do acesso ao site e do envio de informações e imagens, o visitante/ usuário autoriza e está ciente que o site de ABOUT SHOES, bem como a Revista ABOUT SHOES, poderão utilizar, em caráter irrevogável, irretratável, definitivo, gratuito, seu nome, sua imagem, bem como dos textos enviados, no site e na revista impressa, em fotos, cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas, em qualquer tipo de mídia, peças promocionais e campanhas on-line, para a divulgação do site e do Portal, no Brasil e no exterior, bem como para outros fins que desejar, sem limitação de vezes ou número de vezes, bem como o de autorizar sua utilização por terceiros, no todo ou em parte. Entre os direitos da ABOUT SHOES incluem-se, também, os de adaptação, condensação, resumo, redução, compilação e ampliação dos textos e imagens objeto deste termo. Todas as informações de usuários coletadas pela equipe de ABOUT SHOES são confidenciais, sendo intransferíveis, e somente poderão ser fornecidas a terceiros mediante orientação legal ou a terceiros, devidamente autorizados pela Revista ABOUT SHOES e About Editora. Os termos da autorização do uso e de publicação de textos e imagens entre as partes serão regidos e interpretados de acordo com as Leis da República Federativa do Brasil. O visitante/ usuário concorda expressamente em submeter-se à competência única e exclusiva dos tribunais brasileiros e, em especial, ao Foro da Comarca de Novo Hamburgo, Estado do Rio Grande do Sul, para dirimir quaisquer questões oriundas deste instrumento.

Comente esta matéria

0 comentários

Concordo com o termo de uso.
Veja mais colunas deste autor:

Movies | 21.10.2015 | Krika Martinez

Estamos De Volta ao Futuro?

Movies | 07.04.2015 | Krika Martinez

Os Simpsons: 25 anos e frescos como nunca

Movies | 22.11.2013 | Krika Martinez

Hayao Miyazaki: um gênio sai de cena

Movies | 16.07.2013 | Krika Martinez

Baz Luhrmann: por trás da cortina vermelha

Movies | 12.06.2013 | Krika Martinez

Todos dizem Woody Allen
Assine Lateral 3 - http://www.aboutshoes.com.br/assine
Receba as últimas novidades sobre moda e design.
Copyright © Nove Editora Ltda. Todos os direitos reservados. WT Prime - Conectada à Mudanças