Architecture  | 23.04.2013 | Luciane Bohrer

Solução & inovação
e-mail

comentarios

0
.

A loja do sapateiro Patrick Cox em Tóquio é hoje referência em arquitetura comercial por apresentar linhas orgânicas, iluminação estratégica e sofisticação de moda. O criador deste projeto apresenta sua obra.

Ele nasceu em Osaka, Japão. Com 21 anos já era formado em Arquitetura e Engenharia Civil. Hoje, aos 33, acumula uma lista de mais de 10 prêmios de design e é responsável pelo projeto da loja do shoemaker Patrick Cox em Tóquio. Seu nome é Chikara Ohno e ele vai te ensinar como um pilar no meio de uma loja pode se transformar na inspiração de um projeto incrível de arquitetura cosmopolita.

Quando você começou a trabalhar com projetos de varejo? Este foi o mais importante?
Comecei a trabalhar com projetos de varejo há 6 anos. Desenhei muitas lojas. Já tenho mais de 30 projetos de interior assinados por mim.

Como é o primeiro contato do cliente com os produtos nesta loja?
A loja fica a apenas alguns passos da entrada principal do prédio, que tem uma fachada bem aberta. Então, muitas pessoas entram em contato com os produtos antes de perceberem que entraram na loja. É uma interação diferente.  

De onde veio a inspiração para os cilindros de metal?
Havia uma coluna na loja. Então, eu adaptei o mesmo formato nas mesas e as tornei cilíndricas. O tamanho das mesas são todos diferentes e correspondem aos tamanhos dos produtos dispostos nelas. Por outro lado, o ponto importante e essencial dessa loja é a iluminação. Os produtos ficam mais bonitos e, com uma iluminação mais próxima, tem um look diferenciado. O segredo é manter as luzes próximas do que está exposto e não na distância do teto. Para isso, coloquei em cada cilindro luminárias apontadas para cada mesa.

O que deve ser considerado ao criar um espaço para expor acessórios?
A iluminação é o ponto mais importante. As luminárias são responsáveis por formatar os limites do espaço a ser observado pelos clientes.

Por que você escolheu o branco para este ambiente?
Eu percebi que o branco era o mais adequado para o fundo dos produtos da marca Patrick Cox. Foi um ajuste da minha percepção com a identidade da grife.

Que tipo de material foi usado neste projeto?
No piso usamos mármore, as luminárias são de aço, as mesas são de madeira. Na parede, apenas tinta.

Quais são as sensações que o ambiente desperta nos clientes ao entrarem na loja?
O espaço tem um baixo centro de gravidade. É como estar sob um túnel de galhos.

Você acha que este projeto é possível em qualquer parte do mundo?
Sim, acho que sim.

Termo de uso

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DO USO E DE PUBLICAÇÃO DE TEXTOS E IMAGENS
Os termos e condições abaixo se referem à utilização dos textos e imagens disponibilizados pelo visitante/usuário ao site da ABOUT SHOES. O visitante/usuário  declara-se apto a participar de interatividades, com o objetivo de contribuir com o envio de material, como fotos, conteúdo, informações, textos, frases, entre outros, e que por iniciativa própria aceita e se responsabiliza pela autoria e originalidade do material enviado ao site de ABOUT SHOES. O visitante também se responsabiliza pela obtenção de autorização de terceiros que eventualmente seja necessária para os fins desejados, respondendo dessa forma por qualquer reivindicação que venha a ser apresentada à ABOUT SHOES, judicial ou extrajudicialmente, em relação aos direitos intelectuais e/ou direitos de imagem, ou ainda por danos morais e/ou materiais, causados a ABOUT SHOES, About Editora ou a terceiros por força da presente autorização. Assim, por ocasião do acesso ao site e do envio de informações e imagens, o visitante/ usuário autoriza e está ciente que o site de ABOUT SHOES, bem como a Revista ABOUT SHOES, poderão utilizar, em caráter irrevogável, irretratável, definitivo, gratuito, seu nome, sua imagem, bem como dos textos enviados, no site e na revista impressa, em fotos, cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas, em qualquer tipo de mídia, peças promocionais e campanhas on-line, para a divulgação do site e do Portal, no Brasil e no exterior, bem como para outros fins que desejar, sem limitação de vezes ou número de vezes, bem como o de autorizar sua utilização por terceiros, no todo ou em parte. Entre os direitos da ABOUT SHOES incluem-se, também, os de adaptação, condensação, resumo, redução, compilação e ampliação dos textos e imagens objeto deste termo. Todas as informações de usuários coletadas pela equipe de ABOUT SHOES são confidenciais, sendo intransferíveis, e somente poderão ser fornecidas a terceiros mediante orientação legal ou a terceiros, devidamente autorizados pela Revista ABOUT SHOES e About Editora. Os termos da autorização do uso e de publicação de textos e imagens entre as partes serão regidos e interpretados de acordo com as Leis da República Federativa do Brasil. O visitante/ usuário concorda expressamente em submeter-se à competência única e exclusiva dos tribunais brasileiros e, em especial, ao Foro da Comarca de Novo Hamburgo, Estado do Rio Grande do Sul, para dirimir quaisquer questões oriundas deste instrumento.

Comente esta matéria

0 comentários

Concordo com o termo de uso.
Veja mais colunas deste autor:

Gestão | 28.11.2014 | Luciane Bohrer

O fracasso me subiu à cabeça

Gestão | 17.04.2014 | Luciane Bohrer

O melhor de cada um

Architecture | 26.09.2013 | Luciane Bohrer

Il Gufo: luxo para o público infantil

Retail | 02.07.2013 | Luciane Bohrer

L’Eclaireur: moda, conceito e arquitetura em Paris

Art | 01.07.2013 | Luciane Bohrer

Cate Parr: arte e sensibilidade em aquarelas
Assine Lateral 3 - http://www.aboutshoes.com.br/assine
Receba as últimas novidades sobre moda e design.
Copyright © Nove Editora Ltda. Todos os direitos reservados. WT Prime - Conectada à Mudanças