Talent  | 23.04.2013 | Luciane Bohrer

Clementine Baxter: fórmula individual
e-mail

comentarios

2
.

A cada temporada, um novo queridinho das passarelas é eleito pelo mercado de luxo. Nós estamos de olho em todos eles, torcendo para que jovens talentos apareçam e mostrem coisas cada vez mais incríveis. Uma das novas apostas é a londrina Clementine Baxter. Essa inglesa com alma italiana já vende suas criações por preços entre 600 e 700 euros, valores considerados altos para uma upcoming designer. Mas ela não está muito preocupada com fórmulas para atrair high-end clients. O que ela quer é extravasar sua criatividade e transformar a paixão por arte e arquitetura em adoráveis sapatos.

Clementine não acredita em receitas de sucesso. Ela ainda não sabe como está conquistando clientes e admiradores, mas o fato é que está crescendo e aparecendo. Já que ela não quer saber de fórmulas, poderíamos fazer um pacto e não falar em métodos para atingir o sucesso no mundo da moda.

Poderíamos, mas não vamos. Porque, talvez, os bem-sucedidos não digam o que fizeram para estar no topo, mas observamos alguns pontos em comum em relação aos nomes que são apontados como promessas do design. Vamos propor um exercício de observação comparando esses itens com a recente trajetória de Clementine. Assim, você vai entender porque ela tem tudo para dar certo.

Primeiro, é bom preparar-se em uma boa faculdade. Ponto para Clementine Baxter, que formou-se na London College of Fashion com notas altas e indicação para o Creative Marketing Award e para o Footwear Friends Designer Award. Ah, sim, não esqueça: prêmios e concursos são ótimos propulsores para quem quer despontar. Outros passos essenciais neste caminho: é preciso ser descoberto antes dos 30 anos, morar na Europa e ter influências de outras culturas, além dos limites de seu próprio País. Clementine está com 26 anos, nasceu e mora em Londres, mas, como a família da sua mãe é italiana, ela já morou em Florença e em Milão e vive passeando por lá.

E, por fim, é preciso envolver-se na produção dos artigos, saber como funcionam as fábricas e os processos de produção. Mais um ponto para a nossa aposta. Ela faz seus produtos em uma pequena fábrica perto de casa e acompanha tudo de perto.

Anotou o passo-a-passo? Agora, precisamos somar esses predicados com talento e sorte, itens que não fazem mal para ninguém. Clementine diz que não há segredo para ser desejada pelos consumidores. "Se existe um segredo, ninguém sabe qual é. Simplesmente, acontece", filosofa a designer.

Personal Style

Não existe mesmo uma fórmula única para destacar-se entre tantas grifes e, por isso, Clementine adiciona ingredientes bem próprios na sua receita. Ela busca fontes de inspiração que não sejam a moda para que possa criar coisas realmente novas. Arquitetura e arte são elementos bem presentes no processo criativo de Clementine. Durante suas viagens, ela fotografa muito. Tudo que está relacionado com arte, formas e esculturas. Quando começa uma nova coleção, faz uma seleção das imagens preferidas que captou. Gosta de desenhar no papel, nada no computador. Quando tem o desenho pronto, ela testa os saltos dos sapatos em peças de argila. Essa é uma peculiaridade que dá mais charme aos produtos desenvolvidos pela inglesa.

Para encontrar inspiração para a última coleção que criou, ela viajou por sete países da África, pela costa leste da Austrália e Holanda. "Cada lugar tem uma paleta de cores especial e viajar é muito útil para reconhecer novas tonalidades", explica. A próxima parada de Clementine é Croácia, Brasil e Argentina. O que será que nossas cores e formas irão inspirar na criação na designer?

Termo de uso

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DO USO E DE PUBLICAÇÃO DE TEXTOS E IMAGENS
Os termos e condições abaixo se referem à utilização dos textos e imagens disponibilizados pelo visitante/usuário ao site da ABOUT SHOES. O visitante/usuário  declara-se apto a participar de interatividades, com o objetivo de contribuir com o envio de material, como fotos, conteúdo, informações, textos, frases, entre outros, e que por iniciativa própria aceita e se responsabiliza pela autoria e originalidade do material enviado ao site de ABOUT SHOES. O visitante também se responsabiliza pela obtenção de autorização de terceiros que eventualmente seja necessária para os fins desejados, respondendo dessa forma por qualquer reivindicação que venha a ser apresentada à ABOUT SHOES, judicial ou extrajudicialmente, em relação aos direitos intelectuais e/ou direitos de imagem, ou ainda por danos morais e/ou materiais, causados a ABOUT SHOES, About Editora ou a terceiros por força da presente autorização. Assim, por ocasião do acesso ao site e do envio de informações e imagens, o visitante/ usuário autoriza e está ciente que o site de ABOUT SHOES, bem como a Revista ABOUT SHOES, poderão utilizar, em caráter irrevogável, irretratável, definitivo, gratuito, seu nome, sua imagem, bem como dos textos enviados, no site e na revista impressa, em fotos, cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas, em qualquer tipo de mídia, peças promocionais e campanhas on-line, para a divulgação do site e do Portal, no Brasil e no exterior, bem como para outros fins que desejar, sem limitação de vezes ou número de vezes, bem como o de autorizar sua utilização por terceiros, no todo ou em parte. Entre os direitos da ABOUT SHOES incluem-se, também, os de adaptação, condensação, resumo, redução, compilação e ampliação dos textos e imagens objeto deste termo. Todas as informações de usuários coletadas pela equipe de ABOUT SHOES são confidenciais, sendo intransferíveis, e somente poderão ser fornecidas a terceiros mediante orientação legal ou a terceiros, devidamente autorizados pela Revista ABOUT SHOES e About Editora. Os termos da autorização do uso e de publicação de textos e imagens entre as partes serão regidos e interpretados de acordo com as Leis da República Federativa do Brasil. O visitante/ usuário concorda expressamente em submeter-se à competência única e exclusiva dos tribunais brasileiros e, em especial, ao Foro da Comarca de Novo Hamburgo, Estado do Rio Grande do Sul, para dirimir quaisquer questões oriundas deste instrumento.

Comente esta matéria

2 comentários

Concordo com o termo de uso.
QQQQQ

Sentei-me na medida que pollon pt.perfectgirls.net entrou na praia ... Eu

QQQ

mujercita.Mi minha boca se fosse http://pt.perfectgirls.net cache, com o pau perfectgirls sexo ! Diga -I pode Uma surpresa erótica - compilação gostar muito arrogante para a mão em branco sentiu prazer. Eu suspirei .

Veja mais colunas deste autor:

Gestão | 28.11.2014 | Luciane Bohrer

O fracasso me subiu à cabeça

Gestão | 17.04.2014 | Luciane Bohrer

O melhor de cada um

Architecture | 26.09.2013 | Luciane Bohrer

Il Gufo: luxo para o público infantil

Retail | 02.07.2013 | Luciane Bohrer

L’Eclaireur: moda, conceito e arquitetura em Paris

Art | 01.07.2013 | Luciane Bohrer

Cate Parr: arte e sensibilidade em aquarelas
Assine Lateral 3 - http://www.aboutshoes.com.br/assine
Receba as últimas novidades sobre moda e design.
Copyright © Nove Editora Ltda. Todos os direitos reservados. WT Prime - Conectada à Mudanças