Creativity  | 01.10.2014 | Juliana Berwig

Maratona Mude: inovação para o setor calçadista
e-mail

comentarios

0
.

Em dois dias de atividades intensas – e praticamente ininterruptas – a Maratona Mude serviu como um verdadeiro laboratório de idéias para o setor coureiro-calçadista. Com realização da Abicalçados (Associação Brasileira das Indústrias de Calçados), o evento aconteceu nos dias 26 e 27 de setembro e ofereceu atividades como palestras e workshops com temas de interesse do segmento, além de promover uma interessante batalha criativa. Nos corredores do Barra Shopping Sul, em Porto Alegre/RS, quatro equipes tinham um desafio e tanto: produzir um calçado em apenas 24 horas. Em ateliers montados em uma estrutura especial no centro de compras, e com supervisão do estilista Lino Vilaventura, os competidores deveriam criar três protótipos exclusivos com referências ligadas ao Brasil.

O processo, que contou com importantes parcerias para disponibilização de materiais e maquinários, foi vencido pela equipe formada por Ana Sabi (fotógrafa e estudante de Design Gráfico), Camila Puccini (designer de moda), Cícero Ibeiro, (estudante de Artes Visuais) e Vinícius Kniphoff (designer visual). A inspiração do quarteto – que ainda não tem nenhuma experiência na área calçadista – foi “o 14-bis”, avião criado pelo brasileiro Alberto Santo Dumont, em 1906. “Utilizamos referências na aerodinâmica, recortes, amarrações e armações”, explicou Kniphoff.

O projeto mostrou peças construídas sem processos de colagem, o que permitiu um reaproveitamento integral do material, de acordo com conceitos de sustentabilidade. “Além disso, fomos a única equipe que construiu o solado na impressora 3D e o resultado foi satisfatório”, comentou o designer, ressaltando que a premissa foi criar diferenciais pensados para todo o ciclo do produto onde amarrações substituíram a cola. Além de R$ 15 mil, os vencedores ganharam uma bolsa integral para a realização de um curso de design no Istituto Europeo di Design (IED) e vales-compra nas lojas GAP. 

Para Vilaventura, que emprestou seu reconhecido talento para prestar consultorias aos grupos durante todo o processo, a batalha foi intensa e cansativa, mas muito gratificante. “As quatro equipes atuaram como se trabalha no ambiente de uma indústria, com as dificuldades inerentes ao processo como pressão por prazos, falta de materiais e necessidades de improvisos”, destacou o estilista. Para ele, todos os concorrentes são vencedores por participarem de um momento histórico para o setor calçadista nacional. “Eu tenho certeza que elas terão um trabalho de sucesso no futuro”, concluiu.
 
Palestras abordaram criatividade e design

Após um dia de intensa batalha criativa, a Maratona Mude ainda contou com um ciclo de palestras com ênfase em temas como moda, criatividade, inovação, design e sustentabilidade. A programação teve início com a diretora da Pret-a-template, Roberta Weiand, que articulou sobre sua experiência na grife italiana D&G e relatou o processo de criação de seu aplicativo voltado para desenho de moda. A segunda exposição foi da diretora de moda da WGSN, Bruna Ortega, onde as tendências para as próximas temporadas ganharam destaque especial. Para a temporada outono/inverno 2015, a especialista apontou para um mix entre peças esportivas, detalhes minimalistas e modelagens que evidenciam um luxo casual.

Já os diretores de arte e criação da Vogue Brasil, Ítalo Massaru e Clayton Carneiro, destacaram os processos criativos acerca do desenvolvimento da revista, uma das mais importantes no segmento de moda internacional. Com bom humor, a dupla salientou a riqueza cultural do Brasil e como a publicação tem se tornado, cada vez mais, referência para criadores – entre designer e modelos – quando o assunto é mistura de cores, referências tropicais a atitude sensual. “Acredito que perdemos nosso medo de mostrar quem somos. E nós somos um pouco de tudo isso e ainda cheios de originalidade”, defendeu Ítalo.

O fundador e diretor da Casa de Criadores, André Hidalgo, também fez parte da programação do evento e contou a trajetória do projeto, criado em 1997, e que hoje é considerado o principal lançador de estilistas para a moda brasileira. Na passarela da iniciativa paulista, nomes como Jum Nako, Samuel Cirnanski e André Lima deram seus primeiros passos em meio a workshops, oficinas e desfiles. Na sequência, o estilista João Pimenta ressaltou seu trabalho de contrapor conceitos na moda masculina. “O nosso universo é muito pobre em materiais e por isso eu procuro criar tecidos e combinações conceituais. Acredito que você pode fazer uma revolução com uma roupa”, destacou o designer.  

Com um tema mais técnico, o diretor da Cliever 3D, Rodrigo Krug, apresentou as inovações na área de impressão em 3D, destacando a facilidade das empresas em atualmente adquirir equipamentos como este para facilitar a construção de protótipos com maior qualidade. “As máquinas vêm transformando os processos tradicionais de produção, tornando-os mais exclusivos, ágeis e colaborativos”, destacou. Em seguida, foi a vez do diretor criativo da Melissa, Edson Matsuo, falar sobre a trajetória da marca ao longo das últimas duas décadas. Para ele, o design é uma ferramenta externa e interna de construção colaborativa e que deve transcender o produto. “A marca é mais do que um produto, é experiência e felicidade”, disse. 

Um bate-papo com o diretor da Acaju do Brasil e representante da marca Twins for Peace no Brasil, Dimitri Mussard, concluiu o evento com chave de ouro. O jovem empreendedor contou a história da marca francesa, que doa um par para cada vendido para crianças em situações de vulnerabilidade em países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento. Em solo brasileiro, a parceira oficial da grife é com a Fundação Gol de Letra. O ex-jogador Raí, que preside a ONG, é também o embaixador da grife no país.

Termo de uso

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DO USO E DE PUBLICAÇÃO DE TEXTOS E IMAGENS
Os termos e condições abaixo se referem à utilização dos textos e imagens disponibilizados pelo visitante/usuário ao site da ABOUT SHOES. O visitante/usuário  declara-se apto a participar de interatividades, com o objetivo de contribuir com o envio de material, como fotos, conteúdo, informações, textos, frases, entre outros, e que por iniciativa própria aceita e se responsabiliza pela autoria e originalidade do material enviado ao site de ABOUT SHOES. O visitante também se responsabiliza pela obtenção de autorização de terceiros que eventualmente seja necessária para os fins desejados, respondendo dessa forma por qualquer reivindicação que venha a ser apresentada à ABOUT SHOES, judicial ou extrajudicialmente, em relação aos direitos intelectuais e/ou direitos de imagem, ou ainda por danos morais e/ou materiais, causados a ABOUT SHOES, About Editora ou a terceiros por força da presente autorização. Assim, por ocasião do acesso ao site e do envio de informações e imagens, o visitante/ usuário autoriza e está ciente que o site de ABOUT SHOES, bem como a Revista ABOUT SHOES, poderão utilizar, em caráter irrevogável, irretratável, definitivo, gratuito, seu nome, sua imagem, bem como dos textos enviados, no site e na revista impressa, em fotos, cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas, em qualquer tipo de mídia, peças promocionais e campanhas on-line, para a divulgação do site e do Portal, no Brasil e no exterior, bem como para outros fins que desejar, sem limitação de vezes ou número de vezes, bem como o de autorizar sua utilização por terceiros, no todo ou em parte. Entre os direitos da ABOUT SHOES incluem-se, também, os de adaptação, condensação, resumo, redução, compilação e ampliação dos textos e imagens objeto deste termo. Todas as informações de usuários coletadas pela equipe de ABOUT SHOES são confidenciais, sendo intransferíveis, e somente poderão ser fornecidas a terceiros mediante orientação legal ou a terceiros, devidamente autorizados pela Revista ABOUT SHOES e About Editora. Os termos da autorização do uso e de publicação de textos e imagens entre as partes serão regidos e interpretados de acordo com as Leis da República Federativa do Brasil. O visitante/ usuário concorda expressamente em submeter-se à competência única e exclusiva dos tribunais brasileiros e, em especial, ao Foro da Comarca de Novo Hamburgo, Estado do Rio Grande do Sul, para dirimir quaisquer questões oriundas deste instrumento.

Comente esta matéria

0 comentários

Concordo com o termo de uso.
Veja mais colunas deste autor:

Pop | 23.03.2017 | Juliana Berwig

Double trouble

Art | 27.03.2016 | Juliana Berwig

A força criativa de Fernanda Guedes

Icon | 17.03.2016 | Juliana Berwig

Brilho eterno e incontestável

Pop | 15.02.2016 | Juliana Berwig

It`s all about Kanye

Pop | 11.12.2015 | Juliana Berwig

Father John Misty, do fundo do coração
Assine Lateral 3 - http://www.aboutshoes.com.br/assine
Receba as últimas novidades sobre moda e design.
Copyright © Nove Editora Ltda. Todos os direitos reservados. WT Prime - Conectada à Mudanças