Creativity  | 02.07.2015 | Annie Piagetti Müller

Path: a transformação da indústria criativa
e-mail

comentarios

0
.


Compartilhar conhecimento. Parece que esse é o motivo pelo qual estudamos, buscamos informação, nos inscrevemos em cursos e congressos. Parece essa também a maior fonte de revolução. É, sem dúvida, a minha maior felicidade pessoal. E a sua?

No contexto do mundo contemporâneo, em que temos acesso a todo o tipo de informação, é nítido também o aumento do número de eventos que promovem o conhecimento. E compartilhá-lo nunca foi tão importante e necessário. Entre os mais inovadores do mundo está o South by Southest (SxSw) que acontece em Austin, no Texas. Por lá, rolam desde palestras sobre a indústria criativa e tecnológica até debates polêmicos acerca da interação entre as mídias e lançamento de produtos inovadores (e, muito deles, em fase Beta), como foi o caso do Google Glass.
Por aqui, há dois anos, surgiu o chamado Festival Path, em São Paulo. Neste ano, o encontro foi apontado como um embrião do SxSw, e a sua importância me inspirou a compartilhá-lo aqui na About Shoes – e com quem mais viver na borbulhante e mais transformadora indústria dos novos tempos: a indústria criativa.

Começamos pelo Instituto Tomie Ohtake, palco do festival e uma das nossas arquiteturas mais fantásticas, herança da consagrada artista que o nomeia. O lugar, por si só, já inspira o novo. E o novo, durante os dois dias de encontros, se fez presente em todo o tipo de tema. A proposta do festival é justamente essa: provocar motivação à mudança, à melhoria, à malhação cerebral. E não é sempre esse o resultado que um bom papo provoca? O pensamento.

Digital

E o pensamento está cada vez mais digital. O chamado “digital rehab”, a reabilitação virtual, foi um provocativo speech sobre a necessidade de reavaliarmos nossas interações no mundinho on. As interações enquanto pessoas e também marcas. Interações que são menos lineares do que antes e mais colaborativas. É a antiga cultura do delivery que passa a ser a cultura do learning: não basta mais entregar o produto, deve-se entregar inteligência, serviços, experiências. No meio da teoria, está o desafio de não mais separarmos nem distinguirmos as esferas on e offline, mas criarmos conectividade entre elas: sem sequer perceber, um consumidor está na loja física experimentando o que olhou antes no site, ou vice-versa. É um ecossistema que se retroalimenta. Onde uma interação leva à outra e a verdade que permanece é uma: para impactar, precisa se fazer presente.

Publicidade

Sérgio Valente, premiado publicitário e atual diretor de comunicação da Rede Globo, resumiu o desafio de se fazer presente através do conceito da comunicação one to many of ones. A ideia é de que a publicidade, antes operando one to one (diretamente), depois many to many (massiva), hoje assume o maior desafio de todas as suas eras: “ser de um para muitos uns”. Ou seja: personalizar a mensagem o bastante para soar verdadeiramente única, mas gerando o maior alcance possível. Na prática, é o modelo do cenário digital, ao exemplo do geotargeting e do conteúdo on demand. Por sinal, depois de quase vinte palestras e da mente fervilhante, uma conclusão apareceu latente: o conteúdo não é mais rei. O conteúdo é o Deus da comunicação. Afinal, num contexto onde as pessoas podem escolher o que ver e ouvir, precisamos ser cada dia mais relevantes (sim, é óbvio, mas poucos são).

Design

O conceito de design thinking nunca fez tanto sentido e ganhou tantas aplicações. Seu modo de pensar e planejar projetos tem como base a prototipagem, a experimentação (quem é designer, entende) e atrai profissionais de diferentes backgrounds. A regra é única: seja um calçado ou um convite de papel, testar é parte do processo. A novidade, no entanto, é o service design, o design de serviços. É por meio dele que poderemos avaliar contatos mais complexos entre consumidores e marcas, fãs e páginas nas redes sociais. A análise chamada BluePrint passa por todos esses pontos de contato e serve como mapa para desvendar cada uma das interações entre uma pessoa com intenção de compra, por exemplo, e o site da marca, ou a conversa com uma atendente de loja, ou o primeiro sinal que percebeu sobre a mesma. Vale googlar o assunto.

Educação

Até o Google não para, provou um de seus analistas de mídia e palestrantes do evento. Para facilitar a vida das pessoas, os seus filtros de busca estão sendo reestruturados para responder a uma pesquisa de forma mais certeira. Ou seja: nada de listas intermináveis de hipóteses. O Google promete nos dar, em breve, a resposta de forma muito rápida. É a empresa mais valiosa do mundo aprendendo. E nos ensinando. Como disseram por lá, “a educação é a base da revolução, e transforma a consciência das nossas escolhas”. Parece que ficará mais fácil escolher.

Felicidade

Por fim, mas desde sempre, ela, a felicidade. Entre grande parte das palestras, permeando todas as pautas e discussões, estão as temáticas do equilíbrio de vida e da paixão pelo trabalho. Gustavo Gitti, o colunista que adoro ler na Vida Simples, falou bonito: é preciso buscar a felicidade genuína, aquela de dentro para fora. “A gente terceirizou tudo, até a felicidade. E não pode ser assim, o nosso olho deve brilhar por conta própria. Afinal, a felicidade é um presente que todos têm”. É fácil entender que de nada adianta a tecnologia se ela não servir ao ser humano. Que de nada adianta a dinâmica veloz dos dias se não houver satisfação pessoal (e plena, quem sabe...). A felicidade, em contraponto, é simples e pura, uma disciplina que não está pronta, mas se exercita começando por respirar fundo e observar o outro. 

#ValeEspiar
No slideshare da autora, a apresentação completa do que ela viu por lá: http://migre.me/pRrOD  

Termo de uso

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DO USO E DE PUBLICAÇÃO DE TEXTOS E IMAGENS
Os termos e condições abaixo se referem à utilização dos textos e imagens disponibilizados pelo visitante/usuário ao site da ABOUT SHOES. O visitante/usuário  declara-se apto a participar de interatividades, com o objetivo de contribuir com o envio de material, como fotos, conteúdo, informações, textos, frases, entre outros, e que por iniciativa própria aceita e se responsabiliza pela autoria e originalidade do material enviado ao site de ABOUT SHOES. O visitante também se responsabiliza pela obtenção de autorização de terceiros que eventualmente seja necessária para os fins desejados, respondendo dessa forma por qualquer reivindicação que venha a ser apresentada à ABOUT SHOES, judicial ou extrajudicialmente, em relação aos direitos intelectuais e/ou direitos de imagem, ou ainda por danos morais e/ou materiais, causados a ABOUT SHOES, About Editora ou a terceiros por força da presente autorização. Assim, por ocasião do acesso ao site e do envio de informações e imagens, o visitante/ usuário autoriza e está ciente que o site de ABOUT SHOES, bem como a Revista ABOUT SHOES, poderão utilizar, em caráter irrevogável, irretratável, definitivo, gratuito, seu nome, sua imagem, bem como dos textos enviados, no site e na revista impressa, em fotos, cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas, em qualquer tipo de mídia, peças promocionais e campanhas on-line, para a divulgação do site e do Portal, no Brasil e no exterior, bem como para outros fins que desejar, sem limitação de vezes ou número de vezes, bem como o de autorizar sua utilização por terceiros, no todo ou em parte. Entre os direitos da ABOUT SHOES incluem-se, também, os de adaptação, condensação, resumo, redução, compilação e ampliação dos textos e imagens objeto deste termo. Todas as informações de usuários coletadas pela equipe de ABOUT SHOES são confidenciais, sendo intransferíveis, e somente poderão ser fornecidas a terceiros mediante orientação legal ou a terceiros, devidamente autorizados pela Revista ABOUT SHOES e About Editora. Os termos da autorização do uso e de publicação de textos e imagens entre as partes serão regidos e interpretados de acordo com as Leis da República Federativa do Brasil. O visitante/ usuário concorda expressamente em submeter-se à competência única e exclusiva dos tribunais brasileiros e, em especial, ao Foro da Comarca de Novo Hamburgo, Estado do Rio Grande do Sul, para dirimir quaisquer questões oriundas deste instrumento.

Comente esta matéria

0 comentários

Concordo com o termo de uso.
Veja mais colunas deste autor:

Design | 22.05.2013 | Annie Piagetti Müller

Tangerine: tecnologia no design de produto
Assine Lateral 3 - http://www.aboutshoes.com.br/assine
Receba as últimas novidades sobre moda e design.
Copyright © Nove Editora Ltda. Todos os direitos reservados. WT Prime - Conectada à Mudanças