Culture  | 25.04.2013 | Luciane Bohrer

Filosofia da moda: o olhar de Lars Svendsen
e-mail

comentarios

0
Lars Svendsen.


Quando você lê o título dessa matéria pensa em quê?

Se moda combina com silhueta, caimento, textura, cor, originalidade, cópia, consumo, poder, dinheiro e estilo, também pode combinar com filosofia?

Se filosofia é a investigação crítica e racional dos princípios fundamentais relacionados ao mundo do homem, algum assunto deve ficar de fora dessa análise?

Quando o filósofo e professor norueguês Lars Svendsen lançou a obra Filosofia da Moda, mostrou que esses assuntos combinam e que merecem ser discutidos de forma séria e aprofundada. No Brasil, a versão em português do livro deve ser lançada pela editora Jorge Zahar em agosto deste ano. A obra traz um assunto tão carente de discussão que, desde que a escreveu, Lars tem sido requisitado para palestrar sobre a relação humanos versus moda em vários eventos pelo mundo. Ele explica que, apesar da humanidade estar envolvida com roupas há muitos milênios - vide o fato dos arqueólogos terem encontrado agulhas de marfim usadas para costurar pedaços de couro que são datadas de 40 mil anos antes de Cristo - só podemos pensar em moda a partir de tempos muitos mais recentes. A moda, como conhecemos, desenvolve-se em decorrência de processos históricos do final da Idade Média, no século 14 e continuam até chegar ao século 19. É a partir daí que podemos começar a investigar a natureza humana frente a essa novidade. "Com a aparição da moda, nos tornamos seres neofílicos, ou seja, estamos sempre em busca de algo novo", explica o filósofo. Ele diz que nossa identidade mudou. Antes éramos mais estáveis, depois da moda mudamos grandes porções da nossa identidade de tempos em tempos. E este intervalo tem ficado cada vez mais curto.

Segundo Lars, a moda é nossa segunda natureza. É como se alimentássemos nosso egocentrismo - e nossa natureza primeira - com tendências, porém esse alimento nunca será suficiente. "A moda só faz sentido para seres que estão constantemente preocupados com a sua aparência, mas jamais satisfeitos", afirma. Ele explica que se as pessoas estivessem radiantes com o seu visual, não haveria mercado para a moda. É, portanto, de grande importância que as marcas apresentem ao público normas estéticas que estarão sempre além de seu alcance, para que as pessoas possam se movimentar em direção a algo mais próximo do que é mostrado, mas nunca possível. Dessa forma, pode-se dizer que a passarela é ficção em oposição à vida real. Em tudo. No que diz respeito às silhuetas apresentadas, às roupas, aos sapatos, aos penteados e até às condições financeiras.

A moda pressupõe uma abundância de recursos que nem sempre é real. Ela tem o poder de deixar objetos e produtos obsoletos mesmo que continuem cumprindo a sua função inicial. Ou seja, você tem um sapato praticamente novo no armário, mas ele deixa de servir porque não se encaixa mais no novo padrão ditado para a próxima estação. "Em uma sociedade caracterizada pela escassez, a moda desempenhará um papel muito mais limitado. A moda é um luxo, certamente. Um país com ênfase na moda indica uma economia forte e que pode investir no supérfluo" destaca Lars.

Filosofia do Tédio

Além da Filosofia da Moda, Svendsen também escreveu outros cinco livros traduzidos em mais de 20 idiomas. Um deles, já lançado no Brasil, é a Filosofia do Tédio. Resolvemos misturar o tédio com a moda e questionar o filósofo se a moda anda entediada. Lars diz seria ótimo se as grifes começassem a confiar menos nos seus forecasts e profecias cheias delas mesmas. "Claro que roupas legais ainda estão sendo feitas, mas há muito poucas surpresas. Pessoalmente, tenho mais interesse em relógios que em roupas, atualmente", ressalta. Ele acredita que, no reino dos relógios, há uma inovação mais distante da estética - e mais técnica - e é fundamental para repensarmos o conceito dos produtos e qual papel desempenham em nossas vidas. E, ao mesmo tempo, a evolução está em diálogo com a história dos relógios. "Talvez as pessoas da indústria de roupas devessem dar uma olhada no esforço da indústria de relógios para recriar e repensar o que têm criado". Então, vamos olhar para o que as roupas representam de fato e tentar facilitar o processo que vai gerar coisas novas.

A moda como ela é    

Em seu trabalho, Lars propõe uma avaliação sobre a crítica de moda em todo mundo. Ele faz comparações pertinentes com o mercado da arte que aceita as críticas e sabe apreciar um bom crítico. "Você já viu algum crítico de arte barrado em exposições, por ter dado um parecer sobre a obra que o autor não tenha gostado? Na moda, vemos jornalistas barrados nos desfiles de estilistas que não aceitam contestações", avalia Svendsen.
Ele acredita que uma mudança é necessária no campo da moda, das marcas, dos redatores e editores de moda. A cada temporada, todos têm papéis diferentes no processo de cada coleção e a credibilidade do setor depende que cada um exerça verdadeiramente sua função. "Para que a moda seja levada a sério, não é possível que os críticos comportem-se como cheerleaders das grifes", avalia.

Termo de uso

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DO USO E DE PUBLICAÇÃO DE TEXTOS E IMAGENS
Os termos e condições abaixo se referem à utilização dos textos e imagens disponibilizados pelo visitante/usuário ao site da ABOUT SHOES. O visitante/usuário  declara-se apto a participar de interatividades, com o objetivo de contribuir com o envio de material, como fotos, conteúdo, informações, textos, frases, entre outros, e que por iniciativa própria aceita e se responsabiliza pela autoria e originalidade do material enviado ao site de ABOUT SHOES. O visitante também se responsabiliza pela obtenção de autorização de terceiros que eventualmente seja necessária para os fins desejados, respondendo dessa forma por qualquer reivindicação que venha a ser apresentada à ABOUT SHOES, judicial ou extrajudicialmente, em relação aos direitos intelectuais e/ou direitos de imagem, ou ainda por danos morais e/ou materiais, causados a ABOUT SHOES, About Editora ou a terceiros por força da presente autorização. Assim, por ocasião do acesso ao site e do envio de informações e imagens, o visitante/ usuário autoriza e está ciente que o site de ABOUT SHOES, bem como a Revista ABOUT SHOES, poderão utilizar, em caráter irrevogável, irretratável, definitivo, gratuito, seu nome, sua imagem, bem como dos textos enviados, no site e na revista impressa, em fotos, cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas, em qualquer tipo de mídia, peças promocionais e campanhas on-line, para a divulgação do site e do Portal, no Brasil e no exterior, bem como para outros fins que desejar, sem limitação de vezes ou número de vezes, bem como o de autorizar sua utilização por terceiros, no todo ou em parte. Entre os direitos da ABOUT SHOES incluem-se, também, os de adaptação, condensação, resumo, redução, compilação e ampliação dos textos e imagens objeto deste termo. Todas as informações de usuários coletadas pela equipe de ABOUT SHOES são confidenciais, sendo intransferíveis, e somente poderão ser fornecidas a terceiros mediante orientação legal ou a terceiros, devidamente autorizados pela Revista ABOUT SHOES e About Editora. Os termos da autorização do uso e de publicação de textos e imagens entre as partes serão regidos e interpretados de acordo com as Leis da República Federativa do Brasil. O visitante/ usuário concorda expressamente em submeter-se à competência única e exclusiva dos tribunais brasileiros e, em especial, ao Foro da Comarca de Novo Hamburgo, Estado do Rio Grande do Sul, para dirimir quaisquer questões oriundas deste instrumento.

Comente esta matéria

0 comentários

Concordo com o termo de uso.
Veja mais colunas deste autor:

Gestão | 28.11.2014 | Luciane Bohrer

O fracasso me subiu à cabeça

Gestão | 17.04.2014 | Luciane Bohrer

O melhor de cada um

Architecture | 26.09.2013 | Luciane Bohrer

Il Gufo: luxo para o público infantil

Retail | 02.07.2013 | Luciane Bohrer

L’Eclaireur: moda, conceito e arquitetura em Paris

Art | 01.07.2013 | Luciane Bohrer

Cate Parr: arte e sensibilidade em aquarelas
Assine Lateral 3 - http://www.aboutshoes.com.br/assine
Receba as últimas novidades sobre moda e design.
Copyright © Nove Editora Ltda. Todos os direitos reservados. WT Prime - Conectada à Mudanças